16 de abril de 2019

Fernanda

Meu nome é Fernanda, tenho 36 anos, fui diagnosticada com Policondrite em Janeiro de 2017 após ser picada de cobra e não receber o soro antiofídico.. Fiquei internada 26 dias sendo 3 em UTI … Com 22 dias de internação fiz condrite nas duas orelhas e no nariz. A picada da cobra foi o gatilho pra minha doença. Hoje faço infusão com tocilizumabe a cada 28 dias, tomo prednisona de 5 mg, hidroxicloroquina, acido fólico, vitamina D, metotrexato, e remédios para evitar a ânsia. Desde 2017 fiquei com sequela na mão esquerda. Sinto muitas dores e não consigo dobrar todos os dedos. Aprendi a conviver com essa dor chatinha porque hoje estou bem. Abril/2019

Cidade: Itapetininga/SP

Font Resize
Contrast